Será mesmo que você tem que fechar a boca para perder barriga e emagrecer?

Será mesmo que você tem que fechar a boca para perder barriga e emagrecer?

Se você sofre com essa rotina incessante de perder gordura, é bem provável que você já ouviu alguma vez na sua vida: “Você quer emagrecer? É só fechar a boca!”. Ainda vem em forma de afirmação como se essa fosse a única alternativa para eliminar os quilos em excesso. Mas será mesmo que isso é verdade? Já lhe adianto que não!

Inclusive essas falas populares são péssimas para o processo de emagrecimento e não ajudam em nada, ao contrário atrapalham muito. Esses pensamentos se tornam crenças limitantes que se implantam no seu subconsciente e que só lhe afasta do seu objetivo. Não, você não precisa fechar a boca para emagrecer. Você pode e deve emagrecer comendo bem e aprendendo a se relacionar com os alimentos. Dessa forma, você conseguirá ter consistência no processo e aqui que mora o segredo.

Se relacione com o alimento!

Quando eu digo para você se relacionar com o alimento, eu peço para que você conheça e entenda o que você está comendo. Saiba quem é, o que é, quão bem ou quão mal aquilo te faz. Assim como em um relacionamento amoroso mesmo. Você casaria com alguém que não conhece? Sem ao menos saber o que aquela pessoa vai lhe acrescentar em sua vida? Ou qual o mal ela pode lhe trazer? Provável que não né?

É assim que deve ser feito com sua rotina alimentar. A partir do momento que você conhece os alimentos e entende sobre eles, você passa a ser livre. Livre para comer de tudo sem culpa e com responsabilidade.

A única verdade absoluta sobre o emagrecimento e sua relação com a alimentação é: “Você precisa estar em déficit calórico para emagrecer”. Como assim? Vou lhe explicar!

Déficit Calórico x Emagrecimento

Estar em déficit calórico significa estar gastando mais calorias do que você consome. Então é verdade esse lance de ter que calcular as calorias? Sim! É verdade! Não tem pra onde você fugir…é uma conta matemática. 

Se você consumir mais calorias do que você gasta essa energia será acumulada e estocada em forma de gordura. Se você consome e gasta a mesma quantidade de calorias, você permanecerá onde está. E ao contrário se você consome menos calorias do que você gasta seu corpo vai estar em déficit calórico, vai estar devendo calorias e com isso vai ter que tirar essas calorias dos estoques de gordura.

Chegamos no ponto chave. É aqui que mora o “”segredo” que não é mais segredo, né? heheheh… Então, Victor, eu posso comer até um lanche no fim de semana, beber minha cerveja, que se eu estiver em déficit calórico eu vou emagrecer? SIM! Pode ser que um dia você extrapola e não fique em déficit, mas se no outro você compensar isso, tá tudo bem!

O importante é o balanço calórico da semana, entende? Um dia é micro demais para que se leve em consideração os resultados. Se você pisou na bola um dia, mas foi exemplar nos demais dias da semana e terminou ela com déficit, o emagrecimento vem!

Eu escrevi um Ebook gratuito onde explico o passo a passo de como calcular esse déficit calórico e como somar essas calorias dos alimentos. Então se você quiser se aprofundar nesse assunto, baixe agora mesmo esse material.

Um abraço do seu amigo Personal,

Victor Mattos

 

Deixe uma resposta